Resenha - O Natal de Poirot

Sinopse: Véspera de Natal. A reunião da família Lee é arruinada pelo barulho ensurdecedor de móveis sendo destroçados, seguido de um grito agudo e sofrido. No andar de cima, o tirânico Simeon Lee está morto, numa poça de sangue, com a garganta degolada. Mas quando Hercule Poirot, que está no vilarejo para passar o Natal com um amigo, se oferece para ajudar, depara-se com uma atmosfera não de luto, mas de suspeitas mútuas. Parece que todos tinham suas próprias razões para detestar o velho... 

A história bolada por Agatha Christie desenrola-se de forma rápida. A história se passa em poucos dias, e como sugere o título, no Natal. O velho Lee é vingativo, agourento e pode-se dizer, também, egoísta. Quando finalmente você pensa que o coração desse velho amoleceu, você toma um choque. Que tipo de homem ele é? Que segredos esconde? 
Simeon Lee resolve reunir seus filhos para passarem o Natal consigo, porque acredita estar no fim da sua vida. Alfred é o que sempre morou com ele. David era o preferido da mãe e guarda mágoas enormes do pai. Pilar é a filha da já falecida Jeniffer, a única neta, a qual o velho adorou. Harry provavelmente é o mais parecido com o pai - tanto na aparência quanto no caráter. Entre outros membros da família, quem seria capaz de degolar o debilitado Simeon Lee?
No decorrer da trama, confesso que eu suspeitei de todos. Inclusive dos mordomos, rs. A solução do enigma parece impossível, pois a única certeza é que o criminoso era alguém da família. Aí é que entra a mente brilhante de Hercule Poirot. Sempre observador, é quem percebe características físicas e psíquicas dos suspeitos e propõe uma solução nem tão comum, mas provavelmente premeditada. Entre "Assassinato do Expresso do Oriente" e "O Natal de Poirot" este último se destaca, pela voracidade, as características e detalhes... Dizem que "Cai o Piano" também é fantástico, mas terei que ler pra descobrir. hihi ><
Recomendo muito a leitura de Agatha Chistie à todos que gostam de ficção, suspense e investigação.

Estou louca pra fazer mais um post de Mito X Verdade, mas to cheia de trabalhos :/ até breve, meus caros. beijos

5 comentários:

  1. adoreei, muito bom a resenha, ja da pra ver que o livro é excelente né :3
    Beeijs Pati e Karen,
    Rumo a Paris

    ResponderExcluir
  2. Oi Karen!!!!

    antes de mais nada, queria pedir desculpas parceira, pelo sumiço. Estou em mudanças e adaptações no trabalho e meu tempo está confuso.. Ainda não me achei. haha

    Eu li este livro há muito tempo... E aconteceu o mesmo, desconfiava até de mim hahahahaha

    Beijos!

    Escrev'Arte

    ResponderExcluir
  3. Agatha é uma das minhas preferidas.
    Eu já li esse livro, Assassinato no expresso do Oriente, Cai o Pano. Enfim... Devo admitir que a gente jamais espera quem é o assassino. Nesse caso aí eu fiquei muito mais surpresa.
    O enredo ótimo, história perfeita.
    Nota 10


    Adorei seu blog

    M&N | Desbrava(dores) de Livros

    ResponderExcluir
  4. olá.
    Sem problemas com o atraso porque agora também estou com tudo corrido rsrs.
    Olha eu adorei mesmo sua resenha,já li alguns livros dela mas mesmo assim acho que escolhi um errado então...fiquei tão curiosa por este.
    Beijos
    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Morro de vontade de ler todos os livros da Agatha, adoroooo um suspense!
    Adorei sua resenha :D

    Beijinhos

    Paula,

    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante! Comente :}