Resenha - Ladrão de Almas

Passando rapidinho pra deixar uma resenha pra vocês. Gente, tenho tanta coisa pra postar e não dá tempo :( Agora estou lendo O Lado Bom da Vida, espero postar a resenha em breve e, tem também a resenha de O Natal de Poirot, que ainda tenho que fazer, rs
OBS: Cuidado com os spoilers!

Sinopse retirada do Skoob: No turno da noite de um hospital no estado do Maine, o Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas, no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos. Lanny não é como as outras pessoas que Luke conheceu. E Luke fica, inexplicavelmente, atraído por ela... Mesmo sendo suspeita de assassinato; e conforme Lanny conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassam tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido. Seu relato apaixonado começa na virada do século 19 na mesma cidadezinha de St. Andrew, quando ainda era um templo puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny fará qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela tem de pagar é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação depende totalmente de seu passado. De um lado um romance histórico, de outro uma narrativa sobrenatural, Ladrão de Almas é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional, não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir. E revela como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.
O Ladrão de Almas me interessou desde o início porque eu realmente queria saber que tipo de imortal a personagem era. Queria saber se tinham inventando alguma outra história, ou se era somente mais uma história de vampiros e blá blá blá. Mas não. Entre flashbacks do passado, a história se encontra e toma um rumo muito diferente do que imaginamos. 

Lanny aparece toda suja no hospital onde Luke trabalha, ela chega para fazer exames, está acompanhada pela polícia, pois foi presa por causa de uma suspeita de assassinato. Na minha opinião, achei um tanto 'supérfluo', aliás, não entendi direito porque Luke resolveu ajudá-la a fugir. Era um médico cumprindo seu plantão e, de repente, desaparece com uma moça que mal conhece. Seria somente por causa da atração, ou piedade, paixão ou algum motivo maior que talvez seja revelado no decorrer da trilogia? Prefiro acreditar na última hipótese. 

Ao decorrer da história, você fica hipnotizado e totalmente atraído por ela. Você quer muito saber o que aconteceu de verdade com Lanny, como ela virou o que ela é, e a questão importante, o que ela é. Confesso que isso me surpreendeu, pois, histórias envolvendo seres imortais continuam em alta. Lanny é uma imortal. Ela não pode morrer, desde que a pessoa que a fez imortal deseje isso. Ela não envelhece e suas feridas curam-se rapidamente. Pode ficar dias sem sentir fome ou sono, mas não podemos dizer que ela é uma espécie de x-man ou uma super-heroína (kkkkk) Nada de muito extraordinário, suas sentimentos humanos ainda estão lá: dor, tristeza, medo, angústia, paixão, amor... Lanny é totalmente apaixonada por Jonathan, poderia até dizer que a história gira em torno deles, ela faz tudo pelo seu amigo de infância, que é também o cara mais lindo que ela já conheceu, mas ele nunca retribuiu seus sentimentos.

Toda essa fixação e amor platônico por Jonathan, vão conduzindo a história e os caminhos de Lanny. Ao mesmo tempo, Adair aparece na história, desperta alguns sentimentos em Lanny e sinceramente, estou louca para que ele reapareça nos outros livros. Adair é o vilão que se apaixona por Lanny, mas ela o trai, porque ela ama Jonathan. Acredito que muita encrenca virá por aí! E também tem o Luke...

A escrita é um pouco cansativa porque, embora hajam poucos erros ortográficos, a história fica indo e voltando no tempo e quando você está super curioso, aparece outro assunto e/ou volta no tempo, enfim. Mas no geral, adorei a história e recomendo o livro :}

Beijos!

3 comentários:

  1. Oi Karen!

    Eu tenho este livro, e inclusive ele que 'esqueci' no projeto Esqueça um Livro mas ainda não consegui chegar a ele em minha lista de leitura... Parece que senti pouca empolgação de sua parte e agora acho que ele vai ficar ainda mais para trás. Vou ler, mas não agra. haha

    Beijos!!

    Escrev'Arte

    ResponderExcluir
  2. DEve ser muito bom, só pela resenha da pra perceber isso
    beeijos
    Rumo a Paris

    ResponderExcluir
  3. Oi, Karen! Ótima resenha, querida!
    Eu tenho vontade de ler Ladrão de Almas, mas o que me desanima é a narrativa, que dizem ser mt cansativa mesmo. Vou tentar um dia, espero ler mesmo rs
    Beijos
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante! Comente :}