Poesia

Eu amo escrever, já disse isso? Escrever é como aliviar as tensões, é sublime, é sensível. Gosto simplesmente de ouvir o barulho do lápis ou da caneta sobre o papel, e acredito que um teclado de computador não substitui isso, afinal, nenhum teclado ou fonte, tem os traços das nossas letras... bem como, nenhum e-book vai substituir os nossos livros. QUERO CHEIRO DE LIVRO NOVO PRA SEMPRE! *-* heauheauheuahea. Escrever é, geralmente o nosso sentimento, é a nossa imaginação, criatividade; e por quê não poesia? 
Eu não leio muita poesia, muito pelo contrário, é dos gêneros que menos leio, mas, apesar de entender pouco sobre isso, eu me atrevo a dizer: admiro pra caramba quem gosta, quem lê, quem escreve. Porque é preciso muita inspiração, doação e amor. Viva o 14 de março, dia nacional da poesia! (:

Como já falei, não entendo muito do assunto. Claro que já ouvi falar de Vinicius de Moraes, Carlos Drummond de Andrade, entre outros, mas vou deixar aqui algo que tem mais a ver comigo, (e com poesia, claro); espero que curtam, um grande músico (e por que não poeta?) Caetano Veloso:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante! Comente :}